Header Ads

GREVE NO DIA 1º DE AGOSTO DOS CAMINHONEIROS COLOCAM O EXÉRCITO EM ESTADO DE ALERTA PARA UMA POSSÍVEL INTERVENÇÃO MILITAR




Caminhoneiros se organizam para parar o Brasil dia 1º de agosto de 2017.

Brasil - Online Revista - 29 de Julho de 2017 09:07 - Fonte: Folha MS e Online Revista

Os caminhoneiros estão se organizando para realizar um protesto nacional dia 1º de agosto (terça-feira) quando pretendem fechar as principais rodovias do país e se manifestarem contra o aumento do combustível com alteração das alíquotas do PIS e COFINS. Que na grande verdade é mais um golpe deste Governo Ilegítimo identificado como Temer, que não "deseja mancha a sua biografia", o que é mais cômico do que dramático, sendo que a sua figura já é comparada e relacionado ao próprio "demônio" pelas principais redes sociais do Brasil.

Principais Pontos de Bloqueio no dia 1º de Agosto (Terça):

Conselheiro Lafaiete - MG BR 040
Viana - ES BR 262
Itajaí - SC BR 101
Santa Cecília - SC BR 116
Araraquara - SP SP 310
São Luiz Gonzaga - RS BR 285
Vila Rica - MT
Barra do Garças - MT BR 070
Rondonópolis -MT BR 163
Cuiabá BR 163
Guarantã do Norte BR 163
Sete Lagoas Mg BR 040
Betim mg BR381 
Pirapora mg BR 355
nova Lima mg BR 040
Montes claros mg BR 251
Curvelo mg BR 135
João Monlevade BR 381

Mairiporã sp BR 381

Em Barra do Garças, os caminhoneiros se preparam para fechar as Brs 158 e 070 na saída para Cuiabá e a manifestação será estendida para as cidades de Água Boa, Nova Xavantina, Ribeirão Cascalheira e Confresa.

“Trata-se de um movimento nacional onde nós pretendemos mostrar ao governo federal que não dá mais; o povo não aguenta pagar tantos impostos e com as coisas ficando cada vez mais caras. Nós queremos contar com apoio da sociedade brasileira”, destacou Odilon da Silva, um dos organizadores do evento em Barra do Garças.

Lembramos que quando ocorreu o impeachment da Dilma em 2016, tudo teve início com a paralisação dos caminhoneiros que inclusive o governo federal de forma COMUNISTA, FASCISTA e completamente COVARDE, criou uma multa de R$1.980,00 para caminhoneiros que continuassem parados nas rodovias de nosso querido e amado Brasil. Só que desta vez, o POVO brasileiro promete estar presente também, pois está revoltado com a reforma da previdência, terceirização geral do trabalho e tantos aumentos sucessivos de impostos, que no Brasil, já são exorbitantes superando 56% de carga tributária total.

Os caminhoneiros criaram vários grupos de WhatsApp e estão se comunicando através de rádio amador para se organizarem para o evento. “Nós queremos parar no dia 1º de agosto e se o governo não nos ouvir vamos prorrogar a manifestação por mais dias”, destacou o caminhoneiro.

Faixas, cartazes e panfletos estão sendo preparados para essa manifestação. Segundo os caminhoneiros, somente vão rodar nas rodovias no dia 1 de agosto ônibus com passageiros, ambulâncias, viaturas de polícia e caminhões com carga viva, medicamentos e equipamentos hospitalares.

Nós estamos avisando com antecedência até mesmo para que as pessoas que precisam viajar possam se programar e evitar as estradas no dia 1 de agosto”, frisou o organizador do movimento em Barra do Garças.

A reclamação dos caminhoneiros se deve o reajuste perverso dos combustíveis de forma decretual, por mandato presidencial praticamente. Em Barra do Garças, um litro de gasolina está em média 4,33. Mesmo com a liminar de um juiz de Brasília suspendendo o aumento da alíquota do PIS e COFINS em Barra do Garças os donos de postos de gasolina continuam praticando o preço majorado.

Na segurança púbica é outro problema sério. Segundo os caminhoneiros, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso diminuiu o patrulhamento nas rodovias porque o governo federal cortou a cota de 190 mil de combustível da corporação que hoje tem 90 mil disponíveis para utilizar até o fina do ano.

“Sem patrulhamento nas rodovias é um perigo para nós caminhoneiros e a sociedade que precisa viajar. A população precisa acordar e se manifestar contra essas medidas absurdas”, completou.




Gostou da Reportagem? Não esqueça de curtir nossa página pelo Facebook! 
Este é o nosso maior pagamento.



Nenhum comentário

Comente utilizando a sua conta junto ao Facebook: